Traumatic Experiences: What are the consequences for our mental health?(Experiências traumáticas: qu


Published at:

Gazeta News: Experiências traumáticas: quais as consequências para a nossa saúde mental?

O trágico evento na escola Marjory Stoneman Douglas deixou todos as pessoas e, particularmente, todos os pais ansiosos, com medo, vulneráveis. A marcha pelas nossas vidas (March for our lives) realizada em 24 de marco, refletiu a intensidade do medo e da preocupação com tiroteios em escolas nos Estados Unidos.

Muitas perguntas ainda procuram respostas. O que fazer sobre a falta de controle de armas nos Estados Unidos? Como proteger nossos filhos de tiroteios em escolas? O que são problemas de saúde mental? Como diagnosticar esses problemas? Cada pergunta merece atenção e profunda discussão. Entretanto, nesse artigo gostaria de falar sobre as sequelas que experiências traumáticas deixam nos indivíduos que as vivenciam.

Experiências traumáticas podem ser de diversos tipos e podem acontecer em qualquer estágio das nossas vidas. Negligência, abuso emocional, físico ou sexual, violência doméstica, violência na escola, perdas inesperadas como a de um filho, terrorismo, guerra, tragédias como furacões ou tiroteios em escola são alguns exemplos de experiências traumáticas. Vitimas de experiências traumáticas podem desenvolver um transtorno chamado PTSD (em inglês Post-Traumatic Stress Disorder; em português transtorno de estresse pós-traumático). O PTSD ficou conhecido por ser comum em soldados americanos que retornam da guerra ou de missões em países perigosos. Entretanto, qualquer experiência traumática pode desencadear PTSD.

Vítimas de violência doméstica, por exemplo, costumam sofrer de PTSD além de outros sintomas como culpa e baixa autoestima. Vítimas de tragédias como a da escola Marjory Stoneman Douglas tem grandes chances de desenvolver PTSD se não receberem ajuda psicológica imediata.

Alguns dos sintomas do PTSD são 1) reviver o evento traumático através de pesadelos, flashbacks ou através de algo como um barulho ou um cheiro que faça reviver o evento; 2) evitar situações ou pessoas que lembrem o evento traumático; 3) mudanças negativas nas emoções e sentimentos como, por exemplo, pensar que o mundo é perigoso e que as pessoas não são confiáveis; 4) sentir-se sempre em alerta o que pode causar dificuldades para dormir e concentrar-se.

A melhor maneira de lidar com o PTSD é procurar um professional com experiência no tratamento desse transtorno. No Brasil, em geral, procuramos um psicólogo para nos ajudar. Aqui nos Estados Unidos existem diferentes tipos de profissionais com formação em saúde mental. “Clinical psychologists”, “mental health counselors” e “marriage and family therapists” são alguns exemplos desses profissionais. Em casos de trauma, o professional de saúde mental vai primeiro fazer a avaliação dos sintomas e determinar a sua severidade. Hoje em dia existem várias terapias de sucesso para tratar PTSD e outros problemas como ansiedade e depressão. Essas terapias, normalmente, combinam técnicas para identificar e reduzir os pensamentos estressantes relacionados ao problema com técnicas de relaxamento como a meditação.

Se você acha que está sofrendo de PTSD, ou de algum outro problema de saúde mental como ansiedade ou depressão, ou é vitima de algum tipo de abuso procure a ajuda de um profissional qualificado. A terapia reduz os sintomas relacionados ao problema e ajuda a melhorar a qualidade de vida do indivíduo. Pesquisas científicas mostram que a saúde mental é fundamental para o equilíbrio e o bem estar emocional e tem consequências importantes na saúde física do indivíduo.

Texto:

Ana Gouvea

MHC, Ph.D in Linguistics

Especialista no tratamento de trauma, violência doméstica, abuso, ansiedade e depressão.

#trauma #domesticviolence #PTSD #abuse #mentalhealthcounseling #meditation #depression #therapy #stressmanagement #anxiety #selfesteem

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
No tags yet.
Follow Us

© 2023 by Modern Mindful Therapy. Proudly created with Wix.com